Tag: comida caseira

2
dez

Como comer bem trabalhando em casa

Neste bate-papo com Mauro Amaral, do Carreirasolo.org, a gente fala sobre como aproveitar a grande oportunidade que é trabalhar em casa para melhorar os hábitos alimentares. A solução é a mesma no trabalho e na dieta: organização.

2
set

Orgulho de cozinhar mais e melhor

Ando orgulhosa das minhas atividades ao fogão. Faz algum tempo que tenho preparado meu almoço em casa com frequência, a ponto de poder almoçar em casa a maior parte dos dias da semana. Agora acho até engraçado eu dizer isso, como se fosse algo extraordinário, mas até pouco mais de um ano atrás eu achava realmente impossível ter tempo pra

Read more

29
abr

Como a propaganda nos leva a comer mal

Ouvi dizer que tem gente furiosa com uma propaganda de linguiça que tá passando na TV. Recebi o press-release sobre a nova campanha da marca e reproduzo abaixo, pra quem quiser saber como a empresa entende a propaganda – ou como ela quer ser vista. “SADIA APRESENTA CENAS DA VIDA MODERNA EM NOVA CAMPANHA Filmes vão retratar o elo contemporâneo

Read more

6
mar

Cozinhar pode salvar seu dia

Esta semana eu saí do prumo. Por conta de uma viagem cansativa na semana passada e de um caminhão de desafios que ando enfrentando de uma vez, tive algumas noites mal dormidas, não fiz pausas saudáveis para comer com calma, não tive energia para fazer exercícios. Caiu minha resistência, fiquei com a garganta ruim, o nariz entupido e menos disposição

Read more

9
jun

A indústria não substitui sua mãe

O canal Do campo à mesa é novo. Ele nasceu em julho de 2013. Tem menos de um ano, é um bebê ainda. Mas faz muito tempo que eu decidi trabalhar com o tema da alimentação. Eu descobri que esse tema era importante quando saí da casa da minha mãe no interior, aos 17 anos, pra fazer faculdade em São

Read more

7
jun

Não é a mamãe

A propaganda com frequência induz a gente a pensar que cozinhar é muito trabalhoso, muito chato e até humilhante para as mulheres que trabalham o dia inteiro. O vídeo desta semana fala das papinhas industrializadas para bebês, vendidas como se pudessem de fato substituir as primeiras refeições preparadas em casa. Mas, não, a indústria não é a mamãe.