Home / notícia comentada em texto / Película feita de quitosana pode reduzir uso de agrotóxicos

Película feita de quitosana pode reduzir uso de agrotóxicos

Pesquisadores da Embrapa estão testando a aplicação de uma película biodegradável e comestível nas plantas como forma de reduzir (não ainda eliminar) o uso de pesticidas no cultivo de frutas e hortaliças. Em entrevista em audio, a pesquisadora-chefe explica o estudo à EBC. Clique no link abaixo para ouvir.
A película é feita de quitosana. A quitosana é uma substância extraída do corpo de animais crustáceos, como o camarão. Ela tem sido pesquisada como matéria-prima de películas comestíveis com diversas aplicações. Uma delas é a produção de embalagens intermediárias e filmes protetores de alimentos. Eu escrevi uma matéria sobre isso alguns anos atrás.
Os veganos não vão gostar muito dessa história de usar casca de camarão para coisa alguma. E têm razão. Os crustáceos não têm de pagar o pato da nossa alimentação envenenada. Mas que dá um alívio saber que existem soluções não tóxicas para substituir os agrotóxicos, ah, isso dá, né?
Na verdade, a agroecologia já tem todas as soluções. O Brasil só precisa ter coragem de dizer não para o atual modelo de agronegócio e fazer essa saudável revolução no campo.

 

camaroes

 

Fonte: Embrapa cria filme fitoprotetor que evita pragas no pomar
Palavras-chave
Compartilhe

Comentários recentes